FANDOM


(Criou página com '{{Infobox Jogo |Nome = ''{{PAGENAME}}'' |imagem = Legacy_of_goku_2.jpg |NomeJaponês = |NomeOriginal = |Publicadora = Webfoot Technologies...')
 
Linha 33: Linha 33:
   
 
==Personagens==
 
==Personagens==
===Jogáveis==
+
===Jogáveis===
 
*[[Goku]] - Base, Super Saiyajin (indisponível após sua morte nos Jogos de Cell)
 
*[[Goku]] - Base, Super Saiyajin (indisponível após sua morte nos Jogos de Cell)
 
*[[Gohan]] - Base, Super Saiyajin, [[Super Saiyajin 2|"Super Saiyajin Fúria"]] (apenas luta final, chamado o Super Saiyajin 2 assim no jogo)
 
*[[Gohan]] - Base, Super Saiyajin, [[Super Saiyajin 2|"Super Saiyajin Fúria"]] (apenas luta final, chamado o Super Saiyajin 2 assim no jogo)

Edição das 20h48min de 18 de novembro de 2017

Dragon Ball Z: The Legacy of Goku II é um jogo de ação/RPG desenvolvida pela Webfoot Technologies e publicado pela Atari para o Game Boy Advance. Baseado no anime Dragon Ball Z, é a sequência de Dragon Ball Z: The Legacy of Goku. A história do jogo é continuada por Dragon Ball Z: Buu's Fury. É também o primeiro e único jogo sobre Dragon Ball Z desenvolvido na América a lançado posteriormente no Japão.

Jogabilidade

LoG2Map

Goku voando até a arena dos Jogos de Cell

A jogabilidade mostra algumas semelhanças com o jogo original The Legacy of Goku. Os jogadores ainda se movem em um ambiente 2D grande, interagindo com objetos e personagens com o único toque de um botão. Os jogadores podem escolher entre vários ataques para usar em inimigos, que podem ser corpo a corpo ou energia. No entanto, também há estatísticas de estilo RPG que podem ser modificadas se os jogadores se nivelarem ou se usar diferentes cápsulas que podem ser encontradas ao longo do jogo, também, ao contrário do jogo anterior, há números HP aparecendo sobre o personagem quando atingido (números vermelhos mostram a perda de um HP e números verdes mostra uma recuperação dele).

Depois que os jogadores completaram vários eventos no enredo, alguns personagens têm a capacidade de se transformar. Ao transformar, as estatísticas e a velocidade recebem um impulso rápido. Goku, Gohan, Vegeta e Trunks sofrem uma transformação de Super Saiyajin quando solicitado e Piccolo simplesmente tira sua roupa pesada (um impulso de grande velocidade ao invés de uma energia elétrica, embora ele lentamente recupera a saúde enquanto se "transforma"). Ao contrário do anterior jogo, os jogadores agora têm a capacidade de realizar várias "missões menores" e, portanto, podem completar várias tarefas e combater alguns seres do mundo Dragon Ball que não aparecem no mangá (como o irmão de Freeza, Coola).

História

29829-20-2-1-

Piccolo se encontra com Cell em Gingertown

O jogo começa na linha de tempo de Trunks do Futuro, mostrando elementos do especial de TV Dragon Ball Z: Gohan e Trunks - Guerreiros do Futuro. Depois, começa no presente (pouco depois da Saga Garlic Jr.) e permite ao jogador assumir o papel do jovem Gohan. Mais tarde no enredo, aparecem mais personagens jogáveis (primeiro Piccolo, depois Vegeta, Trunks do Futuro e, finalmente, Goku), bem como mais habilidades até a batalha final com Cell. O jogo usa ambientes, inimigos, ataques e músicas diretamente do próprio anime, embora a música seja da trilha sonora de Bruce Faulconer da dublagem americana do anime, feita pela FUNimation dub. O jogo segue principalmente cronologicamente eventos da Saga Trunks, Saga Androides, Saga Cell Imperfeito, Saga Cell Perfeito e Saga Jogos de Cell. Coola também aparece em uma missão menor na Nova Namekusei.

Personagens

Jogáveis

Chefes

Personagens da História

Missões-Secundárias

International

Recepção

Publicação Pontuação
IGN 8.0 de 10
GameSpot 7.6 de 10
Gamezone 7.5/10
Game Informer 7.5/10
Compilações de análises
Game Rankings 76% (baseado em 26 análises)
Metacritic 75% (baseado em 21 análises)

O jogo foi muito melhor recebido do que o jogo original. Gamespot disse sobre o jogo "O objetivo principal do jogo é destilar cerca de 38 horas de episódios de TV em 15 ou 20 horas de jogabilidade prática, e isso é bem feito". O Cinemascape disse: "Uma grande melhoria em relação ao primeiro jogo. O jogo é muito mais nítido na jogabilidade e nos gráficos, e é uma experiência muito mais agradável no geral".

O jogo vendeu 621 mil cópias nos Estados Unidos a partir de 2005 [1] e 67 mil cópias no Japão até o final de 2004.[2]

Referências

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.